SMEL promove curso de capacitação paradesportiva para profissionais das Vilas Olímpicas do RJ


Com a proximidade dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, o tratamento à pessoa com deficiência entra em definitivo na pauta da Prefeitura do Rio. A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer dará início nesta terça feira, dia 02 de junho, ao projeto REI (Rio, Esporte e Inclusão), que visa capacitar e aperfeiçoar os conhecimentos que os profissionais das Vilas Olímpicas já possuem. A primeira etapa do projeto será realizada no auditório da Secretaria de Conservação, localizado no 7º andar da Rua Maia de Lacerda, 167, das 8h30 às 17h.

O objetivo é estimular os funcionários das unidades de esportes e lazer a conhecer um pouco mais sobre o paradesporto e aumentar a excelência da prestação de serviços que os usuários das vilas já têm. Isso será feito em três etapas: capacitação, sensibilização e experimentação. O curso de capacitação do projeto será dividido em dois dias, com a segunda parte sendo realizada na quinta feira, dia 16 de junho. As duas outras etapas do projeto, sensibilização e encontro esportivo, estão programadas para acontecer nos meses de julho e setembro, respectivamente.

Pela manhã, serão apresentações teóricas e palestras sobre os tipos de deficiência – visual, auditiva, física e intelectual e que cuidados devemos ter com a pessoa com deficiência. O convidado para falar sobre o tema é o Dr. Alberto Martins da Costa, graduado em Educação Física pela Universidade Federal de Uberlândia, Presidente da Academia Paralímpica Brasileira e ex-chefe da Delegação Paralímpica Brasileira em vários campeonatos mundiais, Parapan-americanos e nas Paralimpíadas de Sydney/2000 , Atenas/2004 e Pequim/2008. À tarde será a vez do Professor João Paulo Castelleti de Souza, membro do Comitê Paralímpico Brasileiro, que vai abordar o tema “Aspectos Gerais da Classificação Funcional”. São esperados para o curso cerca de 80 profissionais.

– Ações como essa facilitam o entendimento sobre a deficiência, além de serem de grande importância pelo momento que a nossa cidade vive. Precisamos saber tratar o público PCD. Já fazemos isso nas nossas Vilas Olímpicas e no Projeto Rio em Forma Especial, mas precisamos potencializar e democratizar essa qualidade no atendimento e, sobretudo, multiplicar essas informações. Assim, poderemos deixar esse legado de atendimento e de inclusão social para a cidade das Olímpiadas e das Paralimpíadas – diz o Secretário Marcos Braz.

Um encontro para sensibilização aos esportes paraolímpicos motivou a criação do projeto e a continuidade do curso. Isso foi no dia 8 de novembro de 2014 e contou com a participação de oito das até então 20 Vilas Olímpicas da Prefeitura do Rio: Félix Mielli Venerando, em Honório Gurgel, Manoel Gomes Tubino, em Jacarepaguá, Miécimo da Silva, em Campo Grande, Mestre André, em Padre Miguel, Grêmio Recreativo dos Industriários da Penha, na Penha, Piscinão de Ramos, Mangueira e Alemão. Na ocasião foram capacitados cerca de 120 funcionários das unidades esportivas.

Atualmente, além dos funcionários capacitados, são 62 profissionais especializados, em 18 das 21 Vilas Olímpicas do município do Rio. Todas as instalações são projetadas para reduzir as barreiras arquitetônicas e, além disso, oferecem funcionários capacitados (com pós graduação e mestrado) para o entendimento da deficiência, propiciando ao deficiente a assiduidade necessária para que ele adquira um estilo de vida saudável e que o leve a uma maior independência.

SERVIÇO:

O que é: PROJETO REI (Rio, Esporte, Inclusão);
Local: Auditório da SECONSERVA – Rua Maia de Lacerda, nº 167, 7º, Estácio, Rio de Janeiro;
Horário: das 08:30h às 16h.

About the Author

Luiz Souza
Fotojornalista criador do site Subúrbio RJ. O objetivo do site é compartilhar notícias e acontecimentos importantes da cidade do Rio de Janeiro e da região metropolitana do Rio. O foco principal do site é a divulgação de notícias relacionadas à cultura e eventos importantes para a cidade como o Jogos Olímpicos Rio 2016.

Be the first to comment on "SMEL promove curso de capacitação paradesportiva para profissionais das Vilas Olímpicas do RJ"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*