Procon Estadual autua 19 padarias na cidade do Rio


Fiscais encontraram baratas em área de preparo de alimentos de padaria no Lins e moscas nos pães de duas padarias em Olaria

O Procon Estadual, realizou, nesta terça-feira (15/03), nova ação da Operação Mão na Massa, com o objetivo de vistoriar padarias. Os fiscais fiscalizaram 22 estabelecimentos, autuaram 19 e descartaram 158kg de alimentos impróprios para o consumo.

Na padaria Oniteva, localizada na Rua Cirne Maia 35 – Cachambi, a fiscalização interditou uma área da cozinha com sujeira e necessidade de reparos no piso. Os fiscais determinaram a retirada imediata de um botijão de gás engatado. O uso de botijões não era permitido no estabelecimento pelo Corpo de Bombeiros. Foram descartados 31kg e 850g de alimentos impróprios para o consumo. Além disso, o estabelecimento efetuava cobrança mínima de R$10,00 para pagamentos no cartão de crédito – prática abusiva, coibida pela Lei Estadual 6.755/2014. A padaria também não tinha o Livro de Reclamações do Procon-RJ e o seu certificado de dedetização estava vencido.

Foram encontradas baratas na área de preparo de alimentos da padaria Aliança, localizada na Rua Lins de Vasconcelos 486. Os fiscais determinaram reforço na dedetização do local. A câmara frigorífica estava com mofo e o piso quebrado. A fiscalização determinou um prazo de 15 dias para a adequação e limpeza do espaço. Os fiscais descartaram 11kg e 500g de produtos impróprios para o consumo. O local também não apresentou o alvará de funcionamento e o certificado de potabilidade de água.

Na padaria Cinco Bocas (Rua Angélica Mota, 23) e na Nova Linda (Rua Filomena Nunes, 590), ambas em Olaria, os fiscais encontraram pães expostos às moscas e ao contato direto a manipulação do consumidor. As duas foram autuadas.

Não foram encontradas irregularidades nos seguintes estabelecimentos: Imperator Confeitaria (Rua Dias da Cruz 122 – Meier); Padaria e Confeitaria Rio 2001 (Rua Gal Severiano Ribeiro 40 – Botafogo) e Trigos (Rua Mariz e Barros 470 – Maracanã).

Balanço da Operação Mão na Massa

1 – Padaria Arte do Trigo (Rua Barreiros, 484 – Ramos): Produtos sem especificação em área de vendas: 19 massas de pizza para assar e 2kg de cavaca. Produtos vencidos: 400g de cavaca e 660g de Rap10. Na cozinha, o fogão, geladeira e freezer estavam com acúmulo de sujeira e gordura; gordura também nas paredes e ralo aberto. Prazo de 07 dias para melhorias e limpeza. Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros, dado prazo de 48 horas para apresentar, sob pena de interdição. Ausência de certificado de potabilidade da água, dado prazo de 15 dias para apresentar.

2 – Panificação Século XX (Rua Pacheco Leão 320 Loja A/B – Jardim Botânico): Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros, dado prazo de 48 horas para apresentar, sob pena de interdição. Ausência de certificado de potabilidade da água.

3 – Cinco Bocas (Rua Angélica Mota, 23 – Olaria): Produtos vencidos: 3kg de mortadela Perdigão e 5kg de peito de frango defumado Perdigão. Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros, dado prazo de 48 horas para apresentar, sob pena de interdição. Ausência de certificado de potabilidade da água, dado prazo de 15 dias para apresentar. Foram encontradas 5kg de pão expostos às moscas e ao contato direto a manipulação do consumidor. Na cozinha havia ferrugem e gordura nos equipamentos e tapete na cozinha. Foi dado prazo de 07 dias para melhorias e limpeza do local.

4 – Gavea Shop Confeitaria Ltda (Rua Marques de São Vicente 75 – Gávea): Produtos vencidos: 5 kg de farinha para bolo; 3,03kg de lombo canadense e 0,866gr de peito de peru fatiado. Sem especificação de validade: 2,582kgs de peito de peru. Na área de preparo de alimentos havia lixeiras sem pedal.

5 – Nova Linda (Rua Filomena Nunes, 590 – Olaria): Engradados de refrigerantes e água em contato direto com o chão. 7kg de pão em contato direto com o consumidor e expostos às moscas. Ausência do certificado de dedetização, dado prazo de 15 dias para apresentação.

6 – Onitneva (Rua Cirne Maia 35 – Cachambi): Produtos vencidos: 16,9kg de peito de chester defumado. Produtos sem especificação: 11,350kg de frios e 3,6kg de linguiça calabresa. Cobrança mínima no cartão de crédito de R$10.00. Retirada imediata do botijão de gás engatado. Ausência do livro de reclamações do Procon. Certificado de dedetização vencido. Interditada área da cozinha da panificação com sujeira e necessidade de reparos no piso.

7 – Padaria Guanabara (Av. Antenor Navarro, 160 – Braz de Pina): Ausência do certificado de potabilidade da água, dado prazo de 15 dias para apresentação. Câmara resfriada apresentando ferrugem e fungo, prazo de 15 dias para melhorias. Produtos sem especificação em área de venda: 04 tortas e 354g de pão árabe.

8 – Pão & Cia (Rua Raimundo Correia 9 – Copacabana): No Livro de Reclamações foi encontrado quatro reclamações não enviadas ao Procon no prazo legal.

9 – Cinderela (Rua José Bonifácio 642 – Meier): Produtos sem especificação: 2kg do salgado joelho; 500 gramas de frango desfiado; 2,7kg de frios; 600 gramas de doce e 1kg de creme de pão doce. Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros, dado prazo de 48 horas para apresentar, sob pena de interdição. Lixeira sem tampa. Necessária limpeza e arrumação da cozinha, prazo para limpeza de 15 dias. Ausência de certificado de potabilidade da água.

10 – Padaria do Necão (Rua Tomaz Lopes 892 – Vila da Penha): Tabela de cigarros não exposta. Sujeira em toda área de venda, determinada limpeza imediata. Na cozinha tinha gordura em equipamentos e materiais e teto sem forro, determinado reparo imediato. Ausência do certificado de potabilidade da água, prazo de 15 dias para apresentação. Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros, dado prazo de 48 horas para apresentar, sob pena de interdição. Produto vencido: 17,5kg de presunto. Ausência do livro de reclamações do Procon-RJ.

11 – Matriz do Pão (Rua Gastão Penalva 183 – Andaraí): Produtos vencidos: 1,7kg de mini salgadinhos; 4 iogurtes (180g cada); 4 mini salgadinhos (300g cada); 174g de bolo maracanã.

12 – Padaria e Confeitaria Praça Sete (Praça Barão de Drumond 31 – Vila Isabel): Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros. Constatou-se a presença de botijões de gás GLP em área interna, ficando determinada a imediata cessação de uso – fica interditado o uso até que seja comprovado junto ao Procon-RJ a liberação da autoridade competente. Na cozinha tinha sujeira e lixeira sem pedal. Foi determinada a imediata limpeza do maquinário e instalações.

13 – Padaria Bela da Vila (Ana Bela) (Rua Gal Otávio Póvoa, 133, Lj A – Vila da Penha): Estabelecimento não fornece água potável gratuitamente. Produtos sem especificação: 1,170kg de muffins; 1,038kg de massa de pizza e 775g de rocambole. Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros, dado prazo de 48 horas para apresentar, sob pena de interdição. Encontrado Botijão de gás no interior da cozinha, determinada retirada imediata.

14 – Confeitaria Santa Marta (Rua Conde de Bonfim 25 – Tijuca): Produtos vencidos: 1kg de queijo parmesão e 2kg de recheio de frango. Produto sem especificação: 4kg de aparas de frios.

15 – Girão dos Pães (Rua 24 de Maio 1335 – Meier): Certificado de dedetização vencido Produto sem especificação: 2,8kg de frios. Havia garrafas de refrigerantes armazenadas ao chão.

16 – Estrela Polar (Rua Padre Manso, 139 – Madureira): Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros, dado prazo de 48 horas para apresentar, sob pena de interdição. Ausência do certificado de potabilidade da água, prazo de 15 dias para apresentação. Ausência do livro de reclamações. Produto vencido: 18kg de fermento.

17 – Padaria Santa Marta (Rua Carlos Vasconcelos 156 – Tijuca): Produtos vencidos: 5kg de carne seca; 3kg de rabo de porco; 4kg de frios e 2kg de recheio de amendoim. Produtos sem especificação: 3kg de bucho e 4kg de bacon. O estabelecimento possui uma roleta que não permite aos consumidores da área da padaria acessarem as mesas do restaurante com produtos trazidos da padaria para serem consumidos.

18 – Aliança (Rua Lins de Vasconcelos 486 – Lins de Vasconcelos):
Ausência de alvará no local. Ausência de certificado de potabilidade da água. Encontrado botijão de gás engatado que foi determinada a retirada imediata. Baratas na área de preparo, determinado reforço na dedetização. Câmara necessitando de limpeza, com mofo e piso quebrado – prazo da defesa para adequação. Produtos sem especificação: 3kg doce de leite; 1,5kg de requeijão e 7kg de queijo.

19 – Padaria Ramos e Alecrin (Rua Capitão Jesus 100/ LJ A – Cachambi):
Produtos sem especificação: 1,5kg de salsicha; 3,5kg frango desfiado e 600gr de frios. Foram encontrados 3 botijões de gás engatados e em uso, determinada a retirada imediata dos mesmos. Ausência do certificado dos bombeiros, foi dado o prazo para apresentação no Procon-RJ em 48 horas. Fiação exposta na cozinha e ausência de telas para proteção da entrada de vetores, determinada a correção e limpeza do ambiente. Na área de depósito da farinha havia ladrilhos quebrados e trincados. Foi dado prazo de trinta dias para adequação da cozinha conforme exigido por legislação vigente.

About the Author

Luiz Souza
Fotojornalista criador do site Subúrbio RJ. O objetivo do site é compartilhar notícias e acontecimentos importantes da cidade do Rio de Janeiro e da região metropolitana do Rio. O foco principal do site é a divulgação de notícias relacionadas à cultura e eventos importantes para a cidade como o Jogos Olímpicos Rio 2016.

Be the first to comment on "Procon Estadual autua 19 padarias na cidade do Rio"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*