Festival Ultra será realizado na Apoteose após veto na Quinta da Boa Vista


Um tema polêmico mobilizou moradores de São Cristóvão nas últimas semanas. Eles lutavam contra a realização do Festival Ultra na Quinta da Boa Vista, temendo que um evento destas proporções poderia causar problemas seríssimos ao Patrimônio Histórico que há no local. Após o embargo do evento por diversos órgãos públicos, incluindo o Iphan, MPF e SEOP, o evento foi transferido para a Praça da Apoteose, no Centro do Rio. Um lugar muito mais adequado para sua realização, já que foi planejado para receber milhares de pessoas e já tem toda uma infraestrutura para isto.

Monumento de Dom Pedro II na Quinta da Boa Vista - Foto: Luiz Souza

Monumento de Dom Pedro II na Quinta da Boa Vista – Foto: Luiz Souza

O Festival Ultra é um dos maiores festivais do mundo de música eletrônica e atrai pessoas de diversas regiões do país que são adeptos de um estilo de vida relacionado à música eletrônica. O evento seria realizado à princípio no Aterro do Flamengo, mas após a moradores de bairros no entorno do Parque se mobilizarem, o Iphan e outros órgãos públicos vetaram a realização do evento lá. A alternativa encontrada pelos organizadores foi a de realizar o evento na Quinta da Boa Vista, que também é um lugar tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Lago da Quinta da Boa Vista - Foto: Luiz Souza

Lago da Quinta da Boa Vista – Foto: Luiz Souza

Os moradores de São Cristóvão entraram em ação e começaram a mobilizar as redes sociais para impedir a realização do Festival Ultra na Quinta da Boa Vista, temendo pelo caos que seria instalado no bairro e também temendo pelo dano que poderia ser causado ao patrimônio histórico do Parque, que já foi moradia da Família Imperial. Além dos jardins da Quinta da Boa Vista que poderiam ser danificados, havia também o risco de que a alta potência dos equipamentos de som poderia danificar o acervo do Museu Nacional, que é a mais antiga instituição científica do Brasil e o maior museu de história natural e antropológica da América Latina.

Museu Nacional na Quinta da Boa Vista - Foto: Luiz Souza

Museu Nacional na Quinta da Boa Vista – Foto: Luiz Souza

Vale lembrar que no mês de junho de 2016, um evento de grandes proporções realizado no Aterro do Flamengo, o Rio Parada Funk, causou danos em obras do acervo do MAM – Museu de Arte Moderna, devido ao poder dos equipamentos de som, que causou vibrações e danificou algumas peças. No caso do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, são peças de valor histórico insubstituíveis.

About the Author

Luiz Souza
Fotojornalista criador do site Subúrbio RJ. O objetivo do site é compartilhar notícias e acontecimentos importantes da cidade do Rio de Janeiro e da região metropolitana do Rio. O foco principal do site é a divulgação de notícias relacionadas à cultura e eventos importantes para a cidade como o Jogos Olímpicos Rio 2016.

Be the first to comment on "Festival Ultra será realizado na Apoteose após veto na Quinta da Boa Vista"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*