Estação de Metrô de Coelho Neto expõe passageiros a sol e chuva


Quando comparamos as belíssimas estações do Metrô Rio da zona sul e do Centro às estações da Linha 2, parece que estamos falando de transportes completamente diferentes, já que há um abismo entre a qualidade das construções.

Estação de Metrô de Coelho Neto na Linha 2 não protege passageiros do sol e da chuva - Foto: Luiz Souza / Subúrbio RJ

Estação de Metrô de Coelho Neto na Linha 2 não protege passageiros do sol e da chuva – Foto: Luiz Souza / Subúrbio RJ

Os passageiros do Metrô Rio que precisam utilizar algumas estações da linha 2 ficam expostos ao sol e à chuva como ocorre na Estação Coelho Neto, onde só há telhado nas laterais, e com o movimento natural do sol, o passageiro acaba ficando exposto à luz direta e ao calor, causando grande desconforto. Em dias de chuva, o fato de não haver telhado na região central por onde passam os trens também causa uma série de transtornos.

Outra reclamação comum dos passageiros, é que o Metrô Rio estaria colocando em circulação na linha 2 muitos trens antigos, quando deveriam na realidade priorizar o transporte com o novo modelo de trem que é projetado especialmente para o tipo de trajeto desta linha, que tem maior parte do percurso feito em locais expostos ao sol. O resultado é que os trens antigos não possuem ar-condicionado adequado ao calor excessivo e o transporte acaba sendo transformado em um grande transtorno, uma verdadeira sauna.

About the Author

Luiz Souza
Fotojornalista criador do site Subúrbio RJ. O objetivo do site é compartilhar notícias e acontecimentos importantes da cidade do Rio de Janeiro e da região metropolitana do Rio. O foco principal do site é a divulgação de notícias relacionadas à cultura e eventos importantes para a cidade como o Jogos Olímpicos Rio 2016.

Be the first to comment on "Estação de Metrô de Coelho Neto expõe passageiros a sol e chuva"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*