Eike Batista tem prisão preventiva decretada pela Lava Jato


A manhã desta quinta-feira (26) começou agitada no Rio de Janeiro. Uma grande operação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal visam cumprir nove mandados de prisão preventiva contra acusados de terem lavado US$ 100 milhões em um esquema de corrupção investigado pela operação Lava Jato. A Operação Eficiência também está cumprindo outros 22 mandados de busca e apreensão, além de quatro mandados de condução coercitiva.

Um dos principais nomes procurados nesta fase da operação é a do empresário Eike Batista, que já foi considerado um dos homens mais ricos do mundo pela Revista Forbes. Eike Batista está com um mandado de prisão preventiva decretado pelo juiz Marcelo Bretas, da 7a Vara Federal Criminal. Como não foi encontrado em sua mansão no Jardim Botânico, Eike Batista já é considerado foragido.

De acordo com informações divulgadas na imprensa através de seu advogado, o empresário Eike Batista estaria viajando a negócios, mas deverá se entregar. Entretanto, até o momento, o advogado ainda não teria confirmado o destino da viagem e nem mesmo a possível data em que o empresário irá se entregar à Polícia Federal.

Até as 9h da manhã desta quinta-feira, a Polícia Federal só havia confirmado a prisão de Flávio Godinho, vice-presidente de futebol do Flamengo, e que era considerado braço-direito de Eike Batista no período em que o empresário estava no auge de seus negócios.

Os outros alvos da Operação Eficiência são o ex-governador Sérgio Cabral, que já está preso em um presídio de Bangu, Wilson Carlos e Carlos Miranda (também já presos). Um dos mandados de prisão preventiva é para Thiago de Aragão Gonçalves Pereira e Silva, que é sócio e advogado de Adriana Ancelmo (mulher de Sérgio Cabral, que também está presa). Os agentes da Polícia Federal também tentam cumprir mandados de condução coercitiva contra Maurício de Oliveira Cabral Santos, irmão mais novo do ex-governador, Suzana Neves Cabral, ex-mulher de Sérgio Cabral, Luiz Arthur Andrade Correia e Eduardo Plass. Eles supostamente seriam beneficiários do esquema de corrupção, de acordo com informações divulgadas pela pelas autoridades.

A PF cumpre mandados de busca e apreensão em cerca 40 endereços

Ao todo, os cerca de 80 agentes da PF cumprem mandados de busca e apreensão em aproximadamente 40 endereços, que incluem residências de pessoas investigadas e empresas que tiveram seus nomes levantados em apurações do MPF e da PF.

As empresas são:
– Hoya Corretora de Valores e Câmbio Ltda
– Canhoeta Negócios Corporativos
– Seven Lab Informática Ltda
– Boa da Noite Informática
– SCA Eventos e Consultoria Ltda
– Apoio Consultoria e Planejamento Ltda
– Havana Administradora e Corretora de Seguros Ltda.
– Unirio Assessoria Administração e Corretora de Seguros Ltda
– Corcovado Comunicação Ltda
– Américas Copacabana Hotel Ltda
– Carolina Massiere Confecções e Acessórios de Moda Ltda
– Estalo Comunicação
– JPMC Academia de Ginástica Ltda
– MCS Comunicação Integradas S/C Ltda
– Araras Empreendimentos Consultoria e Serviços Ltda
– Minas Gerais Projetos e Empreendimentos Ltda

Com informações atualizadas até 09h de 26/01/2017.

About the Author

Luiz Souza
Fotojornalista criador do site Subúrbio RJ. O objetivo do site é compartilhar notícias e acontecimentos importantes da cidade do Rio de Janeiro e da região metropolitana do Rio. O foco principal do site é a divulgação de notícias relacionadas à cultura e eventos importantes para a cidade como o Jogos Olímpicos Rio 2016.

Be the first to comment on "Eike Batista tem prisão preventiva decretada pela Lava Jato"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*