Clínica da Família Arthur Zanett e Clínica da Família Bruno Schmidt


Com a inauguração de duas novas Clínicas da Família que recebem nomes de medalhistas olímpicos, cidade do Rio de Janeiro chega à marca das 100 Clínicas da Família em funcionamento. As 2 novas unidades de saúde são em Campo Grande, na zona oeste da cidde, e beneficiarão mais 30 mil pessoas no total.

A cidade do Rio chega este sábado, dia 17 de setembro, à marca das 100 clínicas da família em funcionamento. Com a inauguração da Clínica da Família Bruno Schmidt (99) e da Clínica da Família Arthur Zanetti (100), ambas em Campo Grande, mais 30 mil pessoas passam a ser beneficiadas na Zona Oeste. O investimento da Prefeitura em cada unidade foi de R$ 5,2 milhões.

Projeto inovador criado em 2009 e que permitiu a expansão histórica da Estratégia Saúde da Família (ESF) no município, as clínicas da família oferecem aos pacientes atendimento clínico, tratamento para diabetes, hipertensão, pré-natal, exames laboratoriais, cuidados com saúde da criança e vacinação, entre outros. Com a implantação das clínicas da família, o Rio saiu de 3,5% de cobertura de saúde para 55,6%, com mais de 3,5 milhões de cariocas beneficiados.

Inauguração da Clínica da Família Bruno Schmidt
Horário: 9h
Local: Rua Manoel Julião de Medeiros – atrás do Espaço de Educação Infantil (EDI)
Bairro: Campo Grande

Inauguração da Clínica da Família Arthur Zanetti
Horário: 10h
Local: Praça Sangradouro – próximo ao West Shopping
Bairro: Campo Grande

About the Author

Luiz Souza
Fotojornalista criador do site Subúrbio RJ. O objetivo do site é compartilhar notícias e acontecimentos importantes da cidade do Rio de Janeiro e da região metropolitana do Rio. O foco principal do site é a divulgação de notícias relacionadas à cultura e eventos importantes para a cidade como o Jogos Olímpicos Rio 2016.

1 Comment on "Clínica da Família Arthur Zanett e Clínica da Família Bruno Schmidt"

  1. boa tarde! Meu nome é Maria. Moro no bairro Manoela em Campo Grande. No dia 06/10 um ACS antecipou o cadastro do pai da minha vizinha que é idoso e muito debilitado, informou que cadastrara todos os moradores do bairro, mas quem quiser se antecipar podera ir direto na Clinica Arthur Zanett munidos de documentos e até mesmo se consultar, pois a que temos direito será inaugurada no bairro Parque Sao Pedro daqui a 3 meses. Algumas foram fizeram o cadastro provisorio da familia toda. No dia 17/10 estive na unidade, a atendente me informou que so poderia realizar o meu cadastro se estivesse me sentindo mal. Passei toda a historia e ela me disse que alguem passou informação errada. O que ela poderia fazer para me ajudar era pedir ao ACS para ir antecipadamente em minha residencia se houvesse alguem doente. Sendo assim, deixei o nome da pessoa que reside comigo que tem dificuldade de locomoção, sentindo muita falta de ar tentando um atendimento em outras unidades de saude sem muito sucesso e a atendente confirmou que pedira prioridade para o ACS. A pergunta é : será verdade tudo isso? Quem passa a informação correta? Será que o ACS virá mesmo? Se por acaso eu conduzir a pessoa à clinica e ela não receber o atendimento, faço o que?

Leave a comment

Your email address will not be published.


*