Cia dos Prazeres tem dois espetáculos na Arena Jovelina Pérola Negra – Entrada Grátis


Nos dias 17 e 18/07, a Arena Jovelina Pérola Negra recebe os dois primeiros espetáculos da trilogia da Cia dos Prazeres, “Hélio Gabaalo”. Na quinta, a apresentação é da peça “Hélio Gabaalo I: A Guerra Primal dos inícios”. No dia seguinte é a estreia de “Hélio Gabaalo II: Ás Júlias – As Origens dos Mitos Solares”, segundo espetáculo da trilogia. As apresentações acontecem às 19h e têm entrada gratuita.

Cia dos Prazeres na Arena Carioca Jovelina Pérola Negra

Cia dos Prazeres na Arena Carioca Jovelina Pérola Negra – Foto: Hélio Gabaalo / Divulgação

No dia 18 de julho é a estreia de “Hélio Gabaalo 2: Ás Júlias”, segunda peça da trilogia homônima

O prólogo da trilogia, “A Guerra Primal dos Inícios” é todo construído em torno de um jovem de origem síria, sacerdote do deus Elagabal na cidade de Emesa, que veio a se tornar o imperador romano Marcus Aurelius Antoninus Augustus, também conhecido como Elagabalus ou Heliogabalus. É essa figura central, cuja história é marcada por escândalos sexuais e religiosos, que amarra todos os temas apresentados ao longo do espetáculo: o equilíbrio entre masculino e feminino, identidade sexual, o prazer, a loucura, a guerra, a política, os astros, a religião e tudo mais que existe entre o céu e a terra. Tudo se encaixa e se mistura com muita naturalidade, deixando espaço ainda para críticas e temas extremamente atuais, como as manifestações que assolam o país desde junho, a guerra na Síria, a sede por petróleo e o tratamento da “doença” da loucura.

A Guerra Primal dos Inícios é uma transcriação coletiva, com banda ao vivo, teatro de coro, vídeo mapping e cinema ao vivo, dança contemporânea e experimentações alquímicas de luz, cenário, arte e figurino. Espetáculo transgênero que mistura coro com teatro de revista, cabaré com piano bar, atuadores em todas as camadas do espetáculo, atletas afetivos de todas regiões do brasil.

A 2ª peça da trilogia Hélio Gabaalo é uma ópera rock transmídia que narra uma história que se passa na Síria de dois mil anos atrás, sobre um jovem Rei Sacerdote criado por mulheres, quatro Rainhas em particular, suas quatro mães: as Júlias. Numa época em que o poder político e a magia estavam unidos nas mãos delas, esse jovem Rei Sacerdote reconquistou e anarquizou um dos maiores Impérios da História humana. Resgatar o Mito, percorrer sua História, Geografia e Filosofia; a vida nas Cortes Síria e Romana, a formação da Dinastia Severus no Império Romano, que segue a conquista do império macedônico de Alexandre – o Grande, até a atual e devastadora crise do petróleo.

Para narrar a saga de HelioGabaalo, fantasia, tragédia e poesia vão ao encontro da música, do canto e da dança – como no teatro grego antigo, com um coro de músicos formando uma banda com sete integrantes e 15 atores se revezando em diversos personagens ao longo da encenação. Além dos cientistas que alquimizam a cena (arte, luz, vídeo, som, direção de cena e produção), a Cia dos Prazeres conta com a importante parceria do Hélio Eichbauer, um dos principais renovadores da cenografia brasileira contemporânea, que com a sua maestria epicurista revolucionou o projeto do espetáculo.

Lucas acredita que a peça tem o poder de tocar os corações e mentes de maneira subliminar. “Queremos mostrar como uma história que se passa na Síria de dois mil anos atrás pode ser tão intrínseca a tudo o que estamos vivendo, nossa origem e o Brasil de hoje. Entender racionalmente toda nossa verborragia não é a questão: essa é uma peça que se dirige ao inconsciente. Seu cérebro pode não entender, mas outras partes do corpo sim, e aí o público vai sonhar, vai cantar as músicas… vai construir seu próprio labirinto e trilhar suas próprias veredas – estamos aqui fazendo um teatro para nos autoquestionar, uma arqueologia que busca sublevar camadas profundas, distantes do Ser Ocidental, mas essenciais” finaliza.

Ficha Técnica:

HéLioGaBaalo 1 – A Guerra Primal dos inícios

Direção Geral e Dramaturgia: Lucas Weglinski
Direção de Produção: Tarcila Jacob
Direção Musical: Henry Schroy
Direção de Arte: Márcia de Andrade e Rebecca Moure
Direção de Vídeo: Joaquim Castro e Helô Duran
Elenco: Ana Abbott, Ana Paula Dias, Célia Maracajá, Cellia Nascimento, Christiana Cavalcanti, Clara Choveaux, Julia Shimura, Laura Samy, Luciana Fróes, Marcia Ferreira, Mariah Teixeira, Octávio Terceiro, Rafael D’Ávila, Rafael Todeschini e Renata Glória
Músicos: Maestro: Henry Schroy; Músicos: Pedrinhu Junqueira; Flautista: Mariana Zwarg; Saxofone: Thiago Queiroz; Percussionista: Luis Bulcão; Cavaco: Raul Zito; Percussionista: Carango Sá; Percussionista: Silvan Galvão dos Santos
Técnico de som: Tiago Ferreira
Assistente de direção: Ynaiê Dawson
Produtor Executivo: Tarcila Jacob
Coordenador de Produção: Robson Câmara
Estagiária de Produção: Ayla Alencar
Diretores de arte: Marcia Andrade, Rebecca Ramos e João Marcos
Artistas: Hideki Nomies e João Jitu Jeuse
Figurinista: Karlla Tavares
Assistentes de figurino: Poliana Braga e Marcela Lupiano
Direção, câmera ao vivo e edição: Joaquim Castro
Mapping e pesquisa: Helô Duran
Edição e pesquisa: Sofia Guimarães
Assistente de edição: Gulherme Silva
Luz: Felipe Drehmer e Tábata Martins
Fotógrafa still: Joana Dutra
Preparação de elenco:
Danças Orientais e Zambras Flamencas: Mestra Maira Mattar
Dança Afro: Ana Paula Dias
Ballet Clássico: Manuela Cardoso
Corpo / treino: Luciana Fróes
Corpo /espiral: Christiana Cavalcanti
Preparação canto: Cellia Nascimento, Cecília Syper, Ângela Herz, Itiberê Zwarg, Guilherme Vaz
Conselheiro e Osquestra de Jornal: Guilherme Vaz
Conselheira Black Block e Imagens Manifestações: Vik Birkbeck
Consultoria de Figurino e Música do Oriente Médio: Maira Mattar
Harmonizador de Coros e Oficinas de Música Universal: Itiberê Zwarg.
Comunicação: Yasmim Tainá
Apoio:
Conservatório de dança Eloisa Menezes
Rampa lugar de criação
Mestra Maira Mattar Danças Orientais
Identidade Visual:
Oblíquo desenho & linguagem
Érika Martins
Antônio Todeschini
Realização:
SESC Rio
Cely Bianchi
Paulo Mattos
Leysa Vidal
Beatriz Radunsky
Elizabeth Fanti
Assessoria de Imprensa SESC
Vanessa Freitas

HéLioGaBaalo 2: Ás Júlias

Dramaturgia e Direção Geral: Lucas Weglinski

Cenografia: Hélio Eichbaue
Direção de Arte: Márcia de Andrade
Direção Musical: Pedrinhu Junqueira, Thomas Harres e Nana Carneiro da Cunha
Direção de Produção: Tarcila Jacob
Direção de Cena: Elisete Jeremias
Luz: Diana Joels e Felipe Drehmer
Direção Audiovisual: Joaquim Castro
Montagem: Gui Silva
Vídeo Instalação: Rafael Todeschini e Helô Duran
Desenho Sonoro: Joaquim Castro e Piqueras Santangelo
Figurino: Gabriela Campos
Adereços: Adriana Trivelatto
Produção: André Lucena
Contra Regras: Richard Esteves e Alessandro Ferreira
Preparação Corporal: Christiane Calvancanti (Kinomichi, Bastão, Espiral e Isadora Duncan) e Maira Mattar (Danças Orientais, Zambra Cigana e Flamenco)
Preparação Vocal: Ângela Herz
Oficinas de Ressonância e Som no Espaço: Henry Schroy e Jorge Amorim
Banda: Pedrinhu Junqueira, Thomas Harres, Johanna Weglinski, Henry Schroy, Jorge Amorim, Gabriel Ballasté, Thiago Queiroz
Elenco: Alessandro Ferreira, Alice Hipto, Ana Paula Dias, Anthero Montenegro, Ayla Alencar, Célia Maracajá, Céllia Nascimento, Clara Choveaux, Igor Santos, Júlia Shimura, Lucas Weglinski, Mariah Teixeira, Nana Carneiro da Cunha, Otavio Terceiro, Richard Esteves, Sara Hana, Sindia Bugiardia e Wilson Feitosa

Serviço :
Data: 17 e 18 de julho (quinta e sexta-feira)
Horário: 19h
Local: Arena Jovelina Pérola Negra (Praça Ênio S/N – Pavuna – ao lado da Escola Telêmaco)
Telefone: 2886-3889
Capacidade: 330 pessoas
Classificação: 16 anos
Entrada gratuita

About the Author

Luiz Souza
Fotojornalista criador do site Subúrbio RJ. O objetivo do site é compartilhar notícias e acontecimentos importantes da cidade do Rio de Janeiro e da região metropolitana do Rio. O foco principal do site é a divulgação de notícias relacionadas à cultura e eventos importantes para a cidade como o Jogos Olímpicos Rio 2016.

Be the first to comment on "Cia dos Prazeres tem dois espetáculos na Arena Jovelina Pérola Negra – Entrada Grátis"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*